Notícias

Inaugurado trecho da Ferrovia Norte-Sul entre Palmas (TO) e Anápolis (GO).

Após 27 anos do início das obras, o governo federal inaugurou os 855 km da Ferrovia Norte-Sul, entre as cidades de Palmas (TO) e Anápolis (GO). A inauguração ocorreu nessa quinta-feira (22). No entanto, por enquanto, somente o trecho entre Gurupi (TO) e a capital do Tocantins entrará em operação, com destino ao porto de São Luís (MA).

Inicialmente, o fluxo de transporte será de quatro mil toneladas de minério de ferro. Conforme o modelo implementado pelo governo federal para exploração do transporte ferroviário, nessa primeira fase a Valec venderá a capacidade para a operadora logística VLI que fará o transporte, com pagamento do frete, da carga da Viena Mineração.

O restante deverá entrar em operação a partir de outubro. A expectativa é que, com o funcionamento de todo o segmento, na safra de 2015 a rodovia seja uma opção logística para o transporte de até um milhão de toneladas de grãos.

O trecho inaugurado interliga-se com o que vai de Palmas a Açailândia (MA), que tem 719 km em operação desde 2007. No total, são mais de 1,5 mil km de linha férrea que liga Maranhão e Goiás. A ideia é que a Norte-Sul seja a ferrovia estruturadora do Sistema Ferroviário Nacional, viabilizando acesso a vários portos e corredores de exportação. A obra recebeu investimentos de R$ 4,2 bilhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Pela ferrovia, poderão ser transportados graneis agrícolas, farelo de soja, carga geral, minério de ferro e manganês e granéis líquidos no sentido exportação. No sentido importação, produtos industrializados com origem na Zona Franca de Manaus para o Centro-Oeste e Sudeste, soja cultivada no Norte de Goiás e Sul de Tocantins, fertilizantes, bauxita e graneis líquidos.

Demais trechos

A Valec prossegue na construção de mais 682 km da Ferrovia Norte-Sul até Estrela D’Oeste (SP), que tem conclusão prevista para 2015. Também estão sendo finalizados os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental do trecho que vai de Panorama (SP) até Rio Grande (RS), que interligará com a Ferrovia do Frango (SC) e dará acesso aos portos de Paranaguá (PR) e de São Francisco (SC).

Com informações da Valec e do Ministério dos Transportes

?Natália Pianegonda

 

Agência CNT de Notícias